terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Caracóis à nossa maneira (isa)

Uma tarde bem passada, à beira da Ria de Aveiro, a apanhar caracóis.


Ingredientes:

caracóis (não os pesámos...)
cebola
alho
orégãos
sal

Preparação:

Depois de terem ficado 48 h envolvidos em farelo (ou farinha) e tapados com uma rede, foram cozidos, cerca de duas horas, em água abundante e com os temperos acima descritos.

Cá em casa, preferem-se frios e com um pouco do caldo da cozedura.

segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

Bolo Xadrez (isa)

Um bolo para partilhar com muita gente.
Segui, como base, as indicações que vêm na embalagem das formas (Checkerboard Cake Pan Set da Wilton).




Ingredientes:

250 g de manteiga amolecida
2 2/3 chávenas de açúcar (660 ml)
3 ovos
10 c. de chá de extrato de baunilha (10 ml)
4 chávenas de farinha
1 c. de sopa de fermento (15 ml)
1 c. de chá de sal ( 15 ml)
2 chávenas de leite (500 ml)
chocolate e corantes alimentares q.b.

Moldes com anel separador para formar cores diferentes

Preparação:

Ligar o forno a 180ºC e untar as formas.
Num recipiente grande, bater a manteiga e o açúcar até obter uma consistência cremosa.
Juntar os ovos, um a um, e a baunilha, continuando a bater.
Misturar a farinha com o fermento e o sal e acrescentar ao preparado anterior, alternando com o leite, e misturando bem entre cada adição.
Continuar a bater durante 1 minuto de modo a que a massa fique bem misturada.
Dividir a massa em partes de acordo com os corantes ou a decoração que se deseja fazer.
Colocar a massa por cores dentro dos anéis usando as duas ou as três formas (depende do tamanho de bolo que se deseje).


Vai ao forno entre 30 a 35 minutos (palito!). Dependendo do forno, pode ir mais do que uma forma!

Recheio interior branco:

1 pacote de natas
1 pacote de queijo creme
4 c. de sopa de açúcar

Preparação:

Num recipiente, bater as natas com 2 c. de açúcar até ficarem consistentes.
Noutro recipiente, bater o queijo creme com 2 c. de açúcar até ficar cremoso.
Juntar o creme às natas e bater um pouco mais.
Rechear entre as camadas do bolo deixando também para a última.

Recheio exterior de chocolate:

1 lata de leite condensado
1 c. de sopa de maizena
2 c. de chocolate em pó
1 chávena de chá de leite

Colocar todos os ingredientes num tachinho e mexer sempre até engrossar.
Deixar arrefecer e rechear...
Polvilhar com granulados de chocolate e coloridos a gosto.


 PS.: Como ficou numa arca, o chocolate congelou um pouco o que fez com que, na hora de cortar, o aspeto não fosse o mais bonito...

quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Farófias com caramelo (isa)

Nunca tinha feito e não sei bem se são assim, mas como tinha umas claras para aproveitar, baseei-me no fasc. 121 de uma TV7Dias. Tem também a vantagem de não usar leite, mas água!
Os ingredientes foram dobrados.


Ingredientes:

3 claras
60 g de açúcar
casca de laranja
caramelo q.b.

Preparação:

Levar um tacho, com água abundante, ao lume e juntar a casca de laranja.
Entretanto, levantar as claras em castelo, misturar o açúcar e continuar a bater, até obter um merengue firme.
Quando a água levantar fervura, acrescentar colheradas de merengue e deixar que coza.

Fui regando com a calda.
No prato de servir, reguei com caramelo líquido.

terça-feira, 26 de Agosto de 2014

Biscoitinhos de amêndoa quase da Nigella (ju)

Estes biscoitinhos estavam no site oficial da Vorwerk. Fiquei mesmo fã, tal a facilidade e o resultado. Deu para 30 bolinhos. Apesar da rapidez com que se fazem, aproveitei as férias para ter a colaboração do meu filho mais novo. 


Ingredientes:
200 g de farinha de amêndoa
200 g de açúcar
2 claras de ovo

Amêndoas inteiras, peladas e, se gostar, levemente torradas numa frigideira, para colocar por cima


Preparação:
Coloquei todos os ingredientes no copo da bimby e programei 2 minutos, velocidade 4. Com a ajuda do meu filho, fiz bolinhas pequeninas e colocámos num tabuleiro com uma folha de silicone.
Antes de ir ao forno, ele colocou uma amêndoa em cada um dos bolinhos (e eu achatei-os, ligeiramente)
Levei a assar em forno pré-aquecido a 200º.C, por cerca de 8 a 10 minutos, ou até dourarem ligeiramente. 


(Aqui o meu filho, à espera que ficassem prontos...)

segunda-feira, 25 de Agosto de 2014

Massa no forno com queijo (isa)

Para uma refeição rápida ou aproveitamento de sobras!


Ingredientes:

massa à escolha q.b.
polpa de tomate
queijo aos cubos e ralado q.b.
cebola e alho picados
azeite q.b.
sal marinho q.b.
orégãos a gosto

Preparação:

Cozer a massa como habitual.
Num tacho, refogar a cebola e o alho em azeite e juntar a polpa de tomate.
Deixar envolver os sabores e temperar com sal e orégãos.
Juntar a massa devidamente escorrida e misturar ao refogado, acrescentando os queijos.
Polvilhar com mais orégãos e levar ao forno a gratinar alguns minutos.



domingo, 24 de Agosto de 2014

Pêras cozidas em vinho tinto (isa)

Nada como tempo livre para fazer receitas que nunca antes experimentara fazer...
Para aproveitar pêras, é uma boa sugestão do fasc. 97 da TV7Dias.


Ingredientes:

4 pêras
200 g de açúcar
7,5 dl de vinho tinto
3 c. de sopa de mel
1 pau de canela
1 casca de laranja
raspa de 1 limão
folhas de hortelã (decoração)

Preparação:

Lave e descasque as pêras.
Coloque-as numa panela pequena, juntamente com o açúcar, o vinho tinto, o mel, o pau de canela, a casca de laranja e a raspa do limão.
Deixe cozinhar até as pêras se encontrarem cozidas (espetar cuidadosamente uma faca, por exemplo).
Nessa altura, retire as pêras da calda.
Reduza o lume para o mínimo e deixe o vinho diminuir de volume até este estar em xarope.
Retire do lume, elimine o pau de canela e a casca da laranja e regue as pêras com este xarope.
Decore com hortelã (facultativo!).
Sirva frio.

sábado, 23 de Agosto de 2014

Salicórnia salteada (isa)

A Ria de Aveiro é rica em muitas coisas e uma delas é a salicórnia. Os melhores meses de apanha são os de junho e julho, no entanto, em agosto, ainda podemos encontrar salicórnia de qualidade. 
Esta receita é francesa e é outra maneira deliciosa de a comer, como acompanhamento de peixes, carnes vermelhas ou brancas ou aves.


Ingredientes:

1 molho de salicórnia (200 g +-)
1 dente de alho
salsa a gosto
manteiga q.b.
pimenta preta

Preparação:

Limpar a salicórnia de possíveis outras ervas e retirar as pontas. De certa forma, acontece o mesmo que nos espargos... percebe-se onde se pode cortar os raminhos! 
Por curiosidade, em espanhol, a salicórnia é chamada de "espargos do mar"!
Branquear os raminhos em água a ferver durante 3 minutos.
Uma vez que a salicórnia evita o sal, não se deve usar qualquer tipo de sal neste acompanhamento.
Descascar o dente de alho e esmagá-lo. Limpar e picar a salsa.
Numa frigideira, derreter um pouco de manteiga.
Saltear a salicórnia uns 5 minutos, mexendo sempre, e acrescentar o alho e a salsa.
Cozinhar ainda por mais 2 minutos e temperar com um pouco de pimenta preta.



A salicórnia tem várias propriedades: é diurética, depurativa e resolutiva; rica em iodo, fósforo, cálcio, sílica, zinco e manganês e ainda em vitaminas A, C e D. É uma boa ajuda para pessoas hipertensas. (informações retiradas das páginas acima referidas).