sábado, 19 de novembro de 2016

Tarte de marmelo (isa)

Há que aproveitar a estação e cá está uma receita bem apropriada, uma espécie de tarte tatin. Vi-a no facebook do DN e, com algumas alterações, ficou assim: muito boa!


Ingredientes:

1 embalagem de massa folhada
3 a 4 marmelos cozidos
150 de açúcar (para cozer) + 150 g (para o caramelo) *
2 c. de sopa de manteiga
sumo de 1 laranja
1 l de água (aproveitei da cozedura dos marmelos)
1 limão
4 semente de cardamomo

Preparação:

Descascar os marmelos e regar com o sumo de limão. 
Como os que usei são biológicos, cortei-os em quartos e cozi-os em água, com 150 g de açúcar e o cardamomo.
Depois de cozidos, escorrem-se e fatiam-se a gosto.
Ligar o forno a 200ºC.
Numa frigideira antiaderente, colocar o restante açúcar (* depende do grau de acidez dos marmelos pois podemos por mais ou menos açúcar) até caramelizar. Para aromatizar, fui juntando um pouco da água de cozedura dos marmelos.
Juntar a manteiga e o sumo de laranja, envolvendo bem.
Numa forma de tarte, espalhar o caramelo e a fruta fatiada.
Por fim, colocar a massa folhada e pressionar com os dedos de modo a que toda a fruta fique bem coberta.
Levar ao forno até a massa dourar.
Estando dourada a gosto, retirar do forno, e virar para o prato de servir, desenformando a tarte. 

Pode ser acompanhada de uma bola de gelado!!!

sábado, 12 de novembro de 2016

Brownie de castanhas (isa)

Chegou na altura certa do São Martinho: fácil e relativamente rápido... Como usei castanhas frescas, demorei mais para lhes tirar a pele. Também ficou mais "baixinho" porque não tenho uma forma quadrada. No entanto, valeu a pena! Muito bom!


Ingredientes:

400 g de castanhas cruas sem pele
250 ml de água
200 g de açúcar amarelo
1 c. de sopa de extrato de baunilha
2 ovos
75 g de manteiga derretida
75 ml de leite
50 g de farinha de trigo
30 g de amido de milho (maizena)
1 c. de chá de fermento em pó
40 g de cacau em pó (usei chocolate)

+

forma quadrada 22x22 cm + papel vegetal
açúcar em pó / cacau em pó para polvilhar

Preparação para o creme de castanhas:

Começar por triturar muito bem 250 g de castanhas e reservar.
Triturar depois as restantes grosseiramente para ficar em pedaços.
Num tacho antiaderente, colocar a água, o açúcar e a baunilha. 
Quando começar a ferver, juntar as castanhas. 
Envolver, baixar o lume para mínimo e deixar fervilhar, uns 10 minutos, mexendo de vez em quando.
Retirar do lume e deixar arrefecer.

Preparação para o brownie:

Ligar o forno a 180ºC.
Separar as gemas das claras. Bater as claras em castelo e reservar.
Quando o creme de castanhas estiver morno, envolver as gemas, a manteiga derretida, o leite, a farinha, o fermento, a maizena, o cacau/chocolate e, por último, as claras em castelo.
Untar a forma com óleo ou spray, colocar uma folha de papel vegetal e untar também este com um pouco de spray ou óleo.
Verter a massa e levar ao forno preaquecido durante 20 minutos exatos.
Retirar do forno, deixar arrefecer uns 10 minutos na forma; retirar o bolo para uma grelha e deixar acabar de arrefecer.
Cortar em quadrados pequenos e polvilhar com açúcar ou cacau em pó (facultativo).




terça-feira, 1 de novembro de 2016

Queijo feito em casa (isa)

Simples, rápido e ao nosso gosto! Uma espécie de paneer indiano!


Ingredientes:

1 litro de leite gordo
1/2 sumo de limão

Temperos: flor de sal, pimenta preta, orégãos, azeite q.b.

Preparação:

Levar ao lume o litro de leite e deixar ferver.
Juntar o sumo de limão e envolver com uma colher.
Retirar e colocar num pano limpo de modo a escorrer o soro (guardar para outras utilizações!).
Colocar num aro e extrair o máximo de soro.
Deixar arrefecer e temperar a gosto.

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Pavlova de chocolate (ju)

Quando faço leite creme, sobram-me sempre as claras. Às vezes congelo, outras vezes faço pavlovas...  Esta aqui, foi feita de véspera, durante o jantar e só no dia seguinte a preparei. Com o peso das natas, do recheio e do chocolate o suspiro abateu um pouco... O importante é que o sabor estava todo lá! Segui uma receita do Pingo Doce mas com adaptação à Bimby... Por ser época de Halloween, deixei que o meu filho a decorasse a "rigor" desta época...



Ingredientes:
6 claras
250 de açúcar
1 colher de sobremesa de vinagre de sidra
cacau em pó q.b.
1 pacote de natas sabor baunilha (por isso, não coloquei açúcar)
1 copo pequeno de frutos vermelhos variados (comprei no Jumbo)
Chocolate para a cobertura (comprei no Jumbo)


Preparação:
Preaqueci o forno a 180ºC. Com o copo bem seco, coloquei o açúcar e pulverizei 15 segundos, na velocidade 9. Reservei.

Coloquei a borboleta na lâmina, introduzi as claras e programei 6 minutos, velocidade 4, sem o copinho... Perto do final dos 6 minutos, fui adicionando o açúcar, diminuindo a velocidade para 3. Ainda nesta posição, adicionei um pouco de chocolate em pó (a olho), bem como o vinagre... 

Dividi as natas por dois tabuleiros de forno, forrados com papel vegetal, e verti as claras, formando dois círculos, mais ou menos iguais... 

Levei ao forno, reduzindo a temperatura para 140ºC.  Deixei cozer cerca de 1 hora. Findo o tempo, deixei arrefecer lá dentro, colocando uma colher de pau na porta, para que esta ficasse entreaberta. 

Só no dia seguinte é que o retirei do forno. 

Bati as natas em chantilly. Cobri um dos círculos com metade das natas, colocando frutos vermelhos por cima. Com cuidado, coloquei o outro círculo por cima. Cobri com as restante natas e os restantes frutos vermelhos. Por cima, cobri com chocolate derretido





sábado, 29 de outubro de 2016

Bolo mármore de abóbora (isa)

Vi a receita no 24 Kitchen, mas o link é daqui (para a versão Bimby). Um bolo fofinho, tradicional e delicioso para esta época. Para ser acompanhado com uma boa chávena de chá!

Ingredientes:

325 de abóbora cortada em cubos
150 g de óleo
4 ovos
300 g de açúcar
280 g de farinha de trigo
120 g de farinha maizena
1 c. de sopa de fermento em pó
2 c. de sopa bem cheias de cacau em pó
1 c. de sobremesa de canela em pó
1/2 c. de café de gengibre em pó
1 pitada de noz moscada

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC e untar uma forma de chaminé com manteiga e polvilhada de farinha.
Desfazer a abóbora em puré (liquidificadora ou varinha) até obter um creme liso.
Adicionar o açúcar e bater muito bem com a batedeira.
Juntar primeiro os ovos e depois o óleo, continuando a bater até a massa ficar consistente.
Meter as farinhas (trigo e maizena) e o fermento envolvendo bem.
Separar esta massa em dois recipientes: num recipiente, colocar a canela, o gengibre e a noz moscada e envolver com uma espátula; num segundo recipiente, envolver o cacau.
Colocar, alternadamente, porções de cada uma das massas na forma até acabarem.
Vai ao forno aproximadamente 50 minutos (teste do palito!).

Obs.: o meu "cacau" não ficou muito escuro porque fiz uma mistura com cacau de São Tomé que é mais forte!

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Truta salmonada no forno com gengibre (isa)

Receita (e texto) confeccionada pela minha Companhia. Surpreendente o acompanhamento e a delicadeza do sabor da truta! Muito bom!


Ingredientes: 

1 Truta salmonada média
3 fatias de presunto
½ sumo de limão
1 colher de sopa de gengibre fresco raspado
1 pitada de flor de sal
2 dentes de alho esmagado
1 fio de azeite
3 fatias de margarina
1 pitada de pimenta fresca
água q.b.

5 novelos de tagliateli
1 fatias de presunto
4 colheres de pasta de tomate
1 fio de azeite
Água q.b.

Numa taça, colocar o sumo de limão, o gengibre, a flor de sal e alho misturando bem.
Colocar a truta numa assadeira no forno com as fatias de presunto dentro da barriga. Depositar por cima da truta o molho com um fio de azeite e pimenta preta e colocar no forno a 220ºC. Quando o molho tiver secado um pouco, colocar as fatias de margarina por cima da truta, adicionando um pouco de água à assadeira. De vez em quando, deve-se adicionar um pouco de água e regar a truta com o molho criado na assadeira. Deverá ficar assada em aproximadamente ½ hora.

Os tagliateli devem ser cozidos em água com uma pitada de sal. Para o molho, usar pasta de tomate caseiro (tomate, cebola, alho, azeite e oregãos cozidos e picados – congelar em sacos para cubos de gelo) e uma fatia de presunto picado, envolver tudo muito bem ao lume numa sertã em lume muito brando. Adicionar um fio de azeite e água para não deixar secar muito, criando uma pasta mais ou menos cremosa.


domingo, 9 de outubro de 2016

Económicos (isa)

Adoro estes bolinhos transmontanos! A minha mãe continua a comprá-los ao padeiro que passa lá à porta, mas fazem-se relativamente bem! Alguma dificuldade em saber quanta farinha leva e quando atinge o ponto certo...
Se quiserem saber mais sobre este bolinho típico, leiam as crónicas de Virgílio Gomes, gastrónomo transmontano no seu blogue. Acabei por seguir as suas indicações!


Ingredientes:

1/2 kg de açúcar
6 ovos
1/2 l de leite
1 cálice de aguardente
1 c. de café de azeite
1 c. de chá de bicarbonato ou fermento em pó
farinha q.b. (usei cerca de 1,400kg)
canela em pó (facultativo)

Preparação:

Começar por colocar a mesma quantidade de açúcar e farinha num recipiente grande.
Juntam-se os ovos inteiros e amassa-se bem (usei sempre uma colher de pau).
Juntar a aguardente, o leite, azeite e o bicarbonato.
Continuar a amassar juntando farinha, pouco a pouco, até se conseguir uma maior firmeza.
Com uma colher de sopa, colocar pequenos montinhos de massa num tabuleiro com tapete de silicone.


Polvilhar a gosto com açúcar e/ou canela em pó.
Vai a forno bem quente até assarem.